O tímpano é uma membrana presente no ouvido que permite a captação do som e a sua transmissão aos ossículosdo ouvido, que por sua vez transmitem o som ao ouvido interno.

O tímpano é uma estrutura delicada. Em caso de traumatismo ou infeção o tímpano pode romper –  perfuração do tímpano.

A perfuração do tímpano dificulta a transmissão do som o que implica perda de audição.

Na maior parte dos casos a cicatrização da zona de rotura ocorre espontaneamente.

Caso o traumatismo ou infeção sejam graves, a cicatrização total da zona de rotura não acontece, permanecendo um orifício/perfuração no tímpano.

Perfurações que se mantenham por meses/anos contribuem para uma redução do nível de audição e expõem o interior do ouvido ao mundo exterior acelerando o seu envelhecimento (que por sua vez acelera o agravamento da perda de audição).

O  tratamento da perfuração timpânica que não cicatriza espontaneamente implica cirurgia (timpanoplastia) de reconstrução do tímpano com recurso a fáscia temporal (membrana envolvente de músculo temporal – músculo localizado na zona do ouvido) ou cartilagem da orelha. No sentido de maximizar a taxa de sucesso deste tratamento, a timpanoplastia  deve ser feita assegurando que o ouvido em causa não tenha drenagem nos 4 a 6 meses prévios à cirurgia.

  • (+351) 961 599 999
  • geral@joaobarosa.pt
  • Aveiro

Acompanhe-me:

© 2018 João Barosa | Todos os direitos reservados

Feito por: