O ouvido interno está dividido em 2 porções: A cóclea que é um sensor de audição e o vestíbulo que é um sensor de equilíbrio.

Cada vestíbulo passa informação ao cérebro sobre a nossa localização no espaço. Essa passagem de informação é feita por intermédio do nervo vestibular.

A informação que o vestíbulo esquerdo envia ao cérebro tem de ser concordante com informação que o vestíbulo direito envia.

Se tal não acontecer, o cérebro vai ter dificuldade em perceber a nossa localização no espaço e surgirá uma vertigem.

_______

O que é uma vertigem?
Vertigem é uma ilusão de que o ambiente à nossa volta está em movimento quando na realidade não está.
_______

A nevrite vestibular corresponde a quadro de inflamação súbita do nervo vestibular.

Nesta situação, a informação que chega ao cérebro vindas dos 2 vestíbulos é bastante diferente, pelo que o doente vai ter quadro de vertigem muito intensa e de início brusco.

A resolução da crise demora dias ou semanas e é feita muito lentamente.

Na maior parte das situações há necessidade de internamento hospitalar.

Tratamento na fase inicial engloba medicação endovenosa e repouso.

O surgimento de melhoria da vertigem permite início de medicação oral e de movimentação fora da cama.

Na fase final de tratamento há a necessidade de realizar movimentos específicos para acelerar a recuperação (similar a “fisioterapia”).

  • (+351) 961 599 999
  • geral@joaobarosa.pt
  • Aveiro

Acompanhe-me:

© 2018 João Barosa | Todos os direitos reservados

Feito por: