Saliva

A saliva é o líquido produzido pelas glândulas salivares.

Um adulto produz em média 1 litro de saliva por dia, que vai engolindo continuamente em pequenas quantidades.

A saliva corresponde a uma mistura de múltiplas substâncias, sendo que a composição exata varia de pessoa para pessoa.


As funções desempenhadas pela saliva englobam:

Lubrificação dos alimentos para facilitar a mastigação e o ato de engolir.

Início do processo de digestão dos alimentos.

Produção de substâncias antibacterianas que mantêm a boca e dentes saudáveis.

Manter as cordas vocais bem hidratadas de modo a que possam vibrar adequadamente quando se produz a voz.

 

Glândulas salivares

As glândulas salivares correspondem às estruturas do nosso organismo que produzem saliva.


Estas glândulas pode ser classificados por tamanho:

  • Glândulas maiores (major):

   –  Parótida – localizada abaixo da orelha e ao lado da mandíbula (a maior de todas).

   –  Submandibular – localizada por debaixo da mandíbula.

   –  Sublingual – localizada abaixo da língua.

Glândulas (menores) minor – existe algumas centenas ao longo de toda a boca e faringe.


A composição das glândulas salivares inclui:

   –  Tecido produtor de saliva.

   –  Canais que se dispõem como “ramos de uma árvore” e conduzem saliva até à boca.


As doenças que afetam as glândulas salivares englobam:
infeções, cálculos “pedras”, tumores e doenças inflamatórias.

A alteração da produção de saliva é uma das manifestações mais frequentes nestas doenças podendo corresponder a uma diminuição (mais frequente) ou aumento da produção de saliva.

Patologias relacionadas:

  • (+351) 961 599 999
  • geral@joaobarosa.pt
  • Aveiro

Acompanhe-me:

© 2018 João Barosa | Todos os direitos reservados

Feito por: